Boteco do Caranguejo Vale a Pena? Tudo o que você precisa saber!

Uma opção de restaurante na Bahia para quem adora frutos-do-mar é o Boteco do Caranguejo, especializado em frutos-do-mar e que se tornou uma das maiores referência na “Capital de Todos os Santos”.

Assim, a qualidade dos pratos e do atendimento do Boteco do Caranguejo obteve reconhecimento imediato. Logo, o que se iniciou como um plano B de empresários que investiam em casas noturnas, se tornou uma franquia de sucesso com 9 unidades na capital baiana.

Antes da pandemia, a rede de restaurantes atendia mais de 10 mil pessoas por mês. Porém, o ritmo naturalmente diminuiu com as restrições impostas pela COVID. Mas, a boa notícia para quem estiver em viagem pela Bahia é que, apesar do período de vacas magras, o Boteco do Caranguejo resistiu e continua de portas abertas.

Portanto, veja nos próximos tópicos mais detalhes sobre os pratos servidos do Boteco do Caranguejo, sua história e onde você pode conhecer essa verdadeira referência gastronômica.

Localização

Boteco do Caranguejo
Crédito: Gilvan M (Tripadvisor)

Quer saber onde fica o Boteco do Caranguejo?

O estabelecimento tem 9 unidades, mas a principal delas fica em Pituaçu:

Endereço: Rua José Augusto de Freitas, 08 – Pituaçu, Salvador – BA

De fato, é nessa unidade que os clientes têm uma vista privilegiada da praia. Comer e beber vendo o mar: existe coisa melhor no mundo?

Horário de funcionamento

Os horários de funcionamento podem sofrer alterações, mas, de modo geral, o Boteco do Caranguejo funciona da seguinte forma:

  • Segunda – 12:00 até 01:00
  • Terça – 12:00 até 01:00
  • Quarta – 12:00 até 01:00
  • Quinta – 12:00 até 01:00
  • Sexta – 12:00 até 01:00
  • Sábado – 12:00 até 01:00
  • Domingo – 12:00 até 01:00

Locais próximos

  • Praia do Corsário;
  • Praia de Jaguaribe;
  • Centro Hípico Vanguarda;
  • Parque Metropolitano de Pituaçu.

O que tem de bom para comer no Boteco do Caranguejo?

O que comer no boteco do caranguejo?
Crédito: Marina S (Tripadvisor)

O cardápio do restaurante é bastante variado e saboroso. No último levantamento que fizemos (segundo semestre de 2021), havia alguns destaques. Veja só:

  • Caranguejo (unidade): a partir de R$ 9,99;
  • Lambreta (12 unidades): a partir de R$ 22,99;
  • Pirão de caranguejo: a partir de R$ 15,99;
  • Desarrumadinho de carne de sol: 200g de carne de sol, queijo coalho, aipim frito, feijão-verde e vinagrete (serve duas pessoas): a partir de R$ 65,99;
  • Filé ao molho (350g) no pão italiano, com molho quatro queijos ou molho madeira: a partir de R$ 68,99;
  • Camarão na cerveja (400g): a partir de R$ 62,99;
  • Camarão à milanesa (400g): a partir de R$ 78,99;
  • Taça de siri: 200g de siri catado, creme de aipim e queijo gratinado: a partir de R$ 26,99.

Tenha em mente que esse cardápio e seus valores podem sofrer alterações a qualquer momento.

Quando checamos, todos esses pratos estavam também disponíveis para entrega pelo iFood, então, caso você prefira, também pode pedir essas delícias por delivery quando estiver em Salvador.

De casa noturna para restaurante de frutos-do-mar

Boteco do Caranguejo
Crédito: JULIA Q (Tripadvisor)

Sim, o início do Boteco do Caranguejo foi inusitado.

Na verdade, ele não foi o começo, mas o fim de um longo investimento em um negócio que não ia mal das pernas, porém, se demonstrava menos rentável e mais trabalhoso do que o restaurante se mostrou com o decorrer do tempo.

Mas vamos contar essa história do começo.

A história do Boteco do Caranguejo 

O empresário Angelo Davi atuava no setor de casas noturnas em Salvador.

Era proprietário,  com sócios, de estabelecimentos voltados para essa atividade e, apesar das dificuldades inerentes de empreender no Brasil, não se queixava da vida. Conseguia manter uma vida relativamente confortável.

Assim, era esse cenário que vivia em 2002, ano que surgiu uma ideia que logo se tornou um desejo forte de tirar do papel: abrir um restaurante especializado em frutos-do-mar.

Estava em Salvador, abençoada por belezas naturais, clima maravilhoso e mares incríveis. Ambiente e boas opções não faltariam para sustentar um estabelecimento com esse foco.

Ele fez o projeto andar para frente. Apresentou a ideia a seus sócios, que também gostaram da ideia, e decidiram fazer esse investimento.

Contudo, não apostaram todas as fichas nele. Eles mantiveram suas casas noturnas e geriam o Boteco do Caranguejo em simultâneo, mas claramente o tratando como o negócio “B” e as casas noturnas como plano “A”.

Mas o negócio começou a se mostrar mais quente do que supunham. O Boteco do Caranguejo começou a bombar e exigir mais tempo e investimento para conseguirem dar conta do recado.

Logo tiveram que abrir outra unidade. Foi neste momento de ritmo frenético, expansão forçosa e inesperada do negócio, que Davi e seus sócios decidiram mudar de foco. Eles perceberam que o negócio com maior potencial de prosperar vinha do mar, não da noite.

A partir desse momento, o Boteco do Caranguejo apenas cresceu, se aprimorou e caiu definitivamente nas graças dos moradores de Salvador e dos turistas de todas as cidades do país.

Números do sucesso

O Boteco do Caranguejo, em seu auge, chegou a atender 10 mil clientes por mês e a vender mais de 6 mil caranguejos.

Sem dúvida, o fato de o restaurante fechar somente com a saída do último cliente, não importando se a madrugada estivesse avançada, foi um dos motivos para marca tão expressiva.

Para Angelo Davi, o segredo do sucesso do Boteco do Caranguejo é o investimento no atendimento. Eles colocam o cliente em primeiro lugar.

Mantendo esse princípio e encontrando bons fornecedores, o negócio simplesmente deslanchou e não para mais de crescer.

Vale a pena ir ao Boteco do Caranguejo?

Boteco do Caranguejo
Crédito: Andrea Costa (Tripadvisor)

Atualmente, o restaurante tem nota 3,5 de 5,0 na plataforma TripAdvisor, contando com 483 avaliações e figurando como o 188º melhor restaurante de Salvador em um total de 3.468 cadastrados.

Comida honesta, bons preços e vista incrível: essas são as principais características positivas que os clientes apontam sobre o Boteco do Caranguejo.

Por outro lado, algumas pessoas também se queixam por terem que pagar R$ 10,00 para entrar e R$ 50,00 para usar a piscina. Em algumas ocasiões, também foi relatada demora no atendimento.

Quando estiver passando por Salvador, vale a pena conferir o local. Assim, você pode tirar suas próprias conclusões e ter sua própria experiência. Boa viagem!